JESUS

23 de agosto de 2012

O PAJEM DE ARMAS.

I Samuel 14:6-7- Disse, pois, Jônatas ao moço que lhe levava as armas: Vem, passemos à guarnição destes incircuncisos; porventura operará o SENHOR por nós, porque para com o SENHOR nenhum impedimento há de livrar com muitos ou com poucos. Então o seu pajem de armas lhe disse: Faze tudo o que tens no coração; segue, eis-me aqui contigo, conforme o que quiseres.

POVO GUERREIRO.

O povo de Deus foi sempre um povo que teve de enfrentar grandes batalhas, um povo que teve que aprender a lutar. E o Senhor os fez um povo vencedor.

UM POVO QUE ERA ESCRAVO, E O SENHOR TRANSFORMOU EM VERDADEIROS GUERREIROS, SOLDADOS.

Davi por exemplo foi um destes grandes guerreiros, que certa feita reuniu na caverna de Adulão, homens endividados, desanimados, em aperto. Davi ao olhar para aqueles homens, um pior do que o outro, podia ate desanimar de ver tanto ruim num lugar só. Mais Deus é bom, e Davi confiava Nele. Davi já tinha lutado sozinho contra o leão o gigante, e quem lhe deu vitoria foi o todo poderoso, pois Davi foi em nome do Senhor dos exércitos.

O PAJEM DE ARMAS.

No meio do povo de Deus sempre teve grandes guerreiros, mais existia uma figura também muito importante, que era o pajem de armas. Era quem cuidava das armas, quem zelava por elas, era quem amolava, quem limpava.

Era um homem que o senhor tinha total confiança, e que também confiava muito em seu senhor. Era uma função de responsabilidade, pois o pajem tomava conta de algo que não era dele, e que deveria estar sempre pronto, para que na hora que surgisse uma batalha, o seu senhor pudesse lutar.

A CONFIANÇA.

O Senhor tem nos confiado o cuidado desta obra, das armas que esta obra possui. Como temos zelado por elas? O pajem era quem cuidava das armas, mais quem lutava era seu senhor, neste caso Jônatas.

Nesta obra, somos os zeladores, ou pajem das armas, mais quem luta por nos e o Senhor dos exércitos, é o Jesus quem não foge e não perde nenhuma batalha.

O CONVITE.

Jônatas convida o pajem para mais uma batalha, na certeza que Deus os levaria a vitoria, pois para Deus não importa o tamanho do exercito, se é grande ou pequeno, importa apenas que sejam fieis, e Ele um Deus forte, grande e poderoso é quem concede a vitoria a seus servos.

A RESPOSTA DO PAJEM. Faze o que tens no coração, EIS-ME AQUI CONTIGO, conforme o que quiseres. Somos um povo definido, isso e ser como Davi (obra de Davi), homem segundo o coração de Deus.

O Senhor tem nos chamado para a batalha, não importa quantos serão os guerreiros, muitos ou poucos, pois será Deus quem nos dará a vitoria.

Maranata!

RODRIGO MOTA

--

8 comentários:

  1. gostei muito, usarei algs descrições em minha msgn.
    obrgd Mano.

    ResponderExcluir
  2. Gostei de mais aprendi muito com esse comentario

    ResponderExcluir
  3. Gostei de mais aprendi muito com esse comentario

    ResponderExcluir
  4. Obrigado boa palavra
    Que o Senhor lhe conceda
    Vitoria

    ResponderExcluir
  5. Obrigado boa palavra
    Que o Senhor lhe conceda
    Vitoria

    ResponderExcluir